segunda-feira, 27 de março de 2017

Vereador do PDT quer 'controlar mendigos' e reprimir artistas e pedintes nos faróis, é mole?

Nos últimos dias, o jovem jornalista e vereador pelo PDT de Ribeirão Preto, Lincoln Fernandes, ganhou algumas páginas dos jornais locais por causa de suas propostas de leis para a cidade.


Uma delas propõe 'controlar' os moradores de rua da cidade. Segundo o vereador, em reportagem da CBNAutor do projeto que prevê regras para moradores de ruas e mendigos, Lincoln Fernandes (PDT) diz que a discussão do caso se faz necessária devido ao alto número de reclamações da população.
“A ideia é realizar um raio-x dessa população a fim de levantarmos o número real de ‘pedintes’, que são atraídos para o município exatamente pela facilidade encontrada em atuar nas ruas por falta de legislação”, explicou o pedetista.

(como seria uma legislação que impediria moradores de rua de 'atuarem nas ruas'?)
Já na reportagem da RevidePedir dinheiro nos cruzamentos de Ribeirão Preto pode virar crime. “Hoje, a banalização deste tipo de situação promove a vadiagem", afirmou o vereador.

(crime de 'vadiagem' é típico de ditaduras)
É brincadeira?
O país passando pela maior crise política e econômica de sua história, o desemprego em alta recorde, em uma cidade onde a desigualdade de renda é maior do que a média nacional, onde a questão do déficit de moradia é dramática, com tanta coisa a se fazer e a se pensar em termos de políticas públicas que amenizem o sofrimento dos mais vulneráveis entre os vulneráveis, e um vereador do PDT propõe reprimir a população de rua, entre ela os artistas itinerantes que ganham a vida nos cruzamentos?
Ribeirão Preto precisa de política social, precisa de políticas públicas inclusivas, não de repressão! Problema social se resolve com política social, vereador!
Ribeirão Preto precisa acolher as pessoas, criar oportunidades, desenvolver projetos culturais nas praças e nas ruas, tornar a cidade democrática, participativa, inclusiva, inclusive para os moradores de rua e os 'pedintes', que também são 'nossa gente'.
Para quem, como eu, conhece a história do PDT, de Brizola, Darcy Ribeiro, os homens que construíram os CIEPS, não pode deixar de ficar triste ao ver o PDT associado a projetos claramente higienistas e repressores.
Se essas propostas virarem leis, será preciso uma ação contestatória das entidades que lutam pelos direitos humanos na cidade.
Ricardo Jimenez

Nenhum comentário:

Postar um comentário